- Oraculu & Sancla - WebSites - Redes Cabeada e Wifi - Câmeras

Ir para o conteúdo

Menu principal:

INFORMÁTICA
MANUTENÇÃO
INFORMÁTICA
MANUTENÇÃO
INFORMÁTICA
MANUTENÇÃO
 MANUTENÇÃO EM COMPUTADORES

Uma rotina muito comum dos técnicos de informática é fazer manutenção em computadores e Configurações de sistemas, ou seja, fazer alguma coisa voltar a funcionar como fazia anteriormente.
 
Muitas pessoas pensam que é uma coisa muito simples de fazer e qualquer um pode realizar. Isso é um grande erro, porque na realidade a manutenção de computadores passa por etapas bem distintas e precisa ser observado com muito cuidado determinados conceitos para facilitar a execução do serviço, de modo que o computador volte a funcionar normalmente, no menor prazo possível e pelo menor custo benefício.
 
A filosofia está por trás de todas as ciências, e a informática não é exceção. Antes de fazermos qualquer coisa deveríamos planejar, analisar a situação anterior, a atual e aquela onde queremos chegar, ou seja, nosso objetivo.
 
Vejamos algumas ideias de suma importantes para quem lida com manutenção de micros computadores:
 
  Quando é que começa e acaba uma manutenção?
 
Muitos técnicos pensam que a manutenção começa quando estão com o computador com defeito em cima bancada, mas nós entendemos que a manutenção começa no momento em que o técnico toma conhecimento do problema. A partir desse momento, cabe ao técnico tomar as providências de maneira correta, precisa e coordenada para chegar ao bom término do serviço.
 
  O equipamento já funcionou bem algum dia.
 
Este é um princípio básico da manutenção, valendo para qualquer tipo de equipamento. É preciso entender que um equipamento em manutenção é diferente de um aparelho novo, que está sendo posto em funcionamento pela primeira vez.
 
Um exemplo: é muito comum, quando se monta um novo computador, que alguma peça tenha vindo de fábrica já com defeito ou que seja incompatível com outros componentes do sistema. Não significa que esteja defeituosa mas que, simplesmente, não funciona bem no conjunto ou são incompatíveis.
 
Mas isto só acontece em computadores novos. Deve-se ter sempre em mente que o computador que estamos consertando é usado e, portanto, já funcionou bem algum dia e cabe ao técnico de manutenção descobrir porque ele deixou de fazê-lo.
 
Pode ser algum componente defeituoso, mau contato, programas mal instalados, softwares defeituosos, vírus ou dezenas de outros possíveis fatores, sendo esta a tarefa: descobrir o que interrompeu o perfeito funcionamento do computador.
 
  Determine exatamente qual é o problema
 
“Podemos falar que para resolver um problema é preciso primeiro saber qual é ele”. No caso de manutenção de computadores é fundamental caracterizar bem o defeito. Pequenos detalhes podem dar pistas valiosas para chegar a um diagnóstico exato, preciso, que realmente resolva o problema e não algum sintoma por ele causado.
 
  Resolva o problema e não o sintoma
 
Um bom exemplo prático: quando vamos ao médico, nos falamos para ele os sintomas que estamos sentindo, cabe ao médico diagnosticar a causa do sintoma e buscar a cura para ela. Porque não adianta receitar um remédio para dor de cabeça se o problema é causado, digamos, por uma sinusite, pois é preciso atacar a causa do sintoma e não o sintoma.
 
Voltando para a manutenção do computador, vamos analisar um causa muito comum em computadores. Um cliente leva o computador para um determinado profissional e lhe diz: O meu computador está travando muito; Durante as verificações básicas, o profissional constata que o travamento ocorre quando o processador atingia os 65ºC. Ele “resolve” o problema colocando uma ventoinha na traseira do gabinete.
 
Mas quando a temperatura do ambiente aumenta muito, devido ao forte calor, mesmo esta solução chegou ao seu limite, levando o sistema a travar novamente. Verificando novamente o computador, notamos que o cooler do processador está com a presilha de travamento quebrada, impedindo um contato total entre o processador e o dissipador de calor do cooler, dificultando a transferência de calor entre ambos.
 
Com a substituição do cooler a temperatura voltou ao normal, dispensando inclusive a ventoinha colocada na traseira do gabinete. Este é um exemplo prático: a primeira tentativa, tratou do sintoma e a segunda tratou a causa do sintoma, o problema.
 
  É muito importante entender o que acontece quando o computador está ligado.
 
Quando usamos um computador, todos os seus componentes estão ligados, conforme utilizamos os computadores para as nossas necessidades pessoais ou profissionais, todos os componentes eletrônicos associados ao computador estão em pleno funcionamento, isso quer dizer que em condições extremas de uso ou não, estes dispositivos podem apresentar falhas e causar danos a qualquer momento.
 
 

ATENDIMENTO
Av. Dr. Timoteo Penteado, 3948
Guarulhos - SP
Cep: 07161-002


011 - 2453-4120
011 - 94736-9969 - Julio
011 - 98671-8352 - Valdi

Copyright 2015. Todos direitos reservado Oraculu & Sancla
Fones: (11) 2453-4120 - (11) 98671-8352 - (11) 98428-7407
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal